O que levar em uma viagem de moto? Saiba como se preparar

Abandone o excesso de bagagem

Você está decidido a encarar a estrada e fazer uma viagem de moto de longa distância? Busca informações sobre o que levar na bagagem e como fazer isso sem carregar pesos desnecessários? Então, este artigo é para você.

A chave para uma viagem de moto bem-sucedida é levar uma bagagem leve. Todo o seu mundo deve caber em uma mochila! Você estará pilotando na maior parte do tempo, então não precisará de roupas para diferentes tipos de eventos. 

O benefício de levar pouca bagagem é enorme: você não vai precisar se preocupar tanto com seus pertences, não vai passar muito tempo procurando os itens realmente importantes e ainda se sentirá mais confortável para enfrentar qualquer destino. 

Tenha foco no essencial

A preparação para uma longa viagem de moto é um momento que deve ser pensado com cuidado. Afinal, se você precisar de alguma ferramenta durante a viagem, não há garantias de que terá acesso a ela.

Pense em um roteiro pelo deserto ou por uma paisagem gelada, coberta de neve, em um país no qual você não fala com fluência o idioma. Isso pode ser o suficiente para transformar a sua aventura em um prejuízo sem precedentes.

Elabore uma checklist

Para aqueles não são fãs de um planejamento detalhado antes de uma viagem de moto, essa etapa pode ser muito desafiadora! Porém, você dará a ela o devido valor quando estiver bem longe de casa e sua mochila tiver o suficiente para permitir que você siga viagem com segurança e conforto.

Além dos itens citados a seguir, você também deve analisar bem o cenário da sua futura viagem e incluir em sua bagagem elementos que considere essenciais para o clima do local e as condições da estrada que você atravessará.

Itens essenciais

1. Capacete

A segurança deve ser sua prioridade, portanto, um capacete confiável deve ser a primeira coisa que você deve incluir na checklist ao planejar uma viagem de moto. Prefira os leves e compactos, com um sistema de ventilação que facilite a respiração. Isso evitará que o seu rosto fique muito aquecido. 

2. Toalha de microfibra

Uma toalha de microfibra será bem útil ao percorrer longos trechos de estrada, porque o clima pode ser imprevisível. Caso chova, esse tipo de toalha ajudará você a se secar não importa o quão molhado você esteja, porque ela absorve muito mais água que as toalhas convencionais. Elas não costumam emitir odores e secam mais rapidamente também, o que é uma vantagem fundamental para um viajante sempre em trânsito.

3. Saquinhos plásticos

Se você está planejando uma viagem de vários dias, organizar sua bagagem em saquinhos é o grande truque. Com eles, você não precisará vasculhar sua mochila sempre que precisar encontrar algo: basta etiquetar os saquinhos e você saberá onde encontrar tudo o que precisa. Não esqueça de separar sacos específicos para roupas que devem ser lavadas na próxima parada.

4. Kit de ferramentas/kit de reparo de pneus

Foto de BRAAP

Os kits de ferramentas são o segredo dos motociclistas experientes e a razão pela qual eles têm poucas histórias sobre reboques para contar. Vendidos prontos, esses kits são como “primeiros socorros” para sua moto até que você encontre uma oficina ou consiga contatar o seu seguro. Geralmente, eles têm alças internas onde as ferramentas ficam presas, o que evita que elas sejam perdidas durante a viagem.

5. Jaqueta

É claro que faz parte do imaginário um motociclista ter uma jaqueta de couro, mas isso não acontece sem razão. O couro é um material muito resistente e será ainda mais bem-vindo se acompanhado de um forro térmico; assim, você estará protegido em qualquer clima. Mesmo que não seja de couro, sua jaqueta deve ser impermeável, capaz de aguentar grandes tempestades sem deixar você encharcado. Nunca deixe para testar uma jaqueta nova em uma viagem longa!

6. Proteções extras para as articulações

Foto de Motorworld

Muitas pessoas acham desconfortável usar cotoveleiras e joelheiras, mas, dependendo do terreno que você irá enfrentar, elas serão absolutamente necessárias. Certifique-se de escolher proteções leves, ajustáveis e que permitam que a pele respire; do contrário, o suor pode tornar impossível continuar com elas.

7. Luvas

Hoje em dia, ter luvas que possam ser usadas mesmo com a tecnologia touch é algo crucial. Considere que você estará com um GPS ou com o celular na moto, viajando por um lugar em que não bastará apenas ter o conhecimento de um mapa de papel! Luvas térmicas e impermeáveis podem ser o melhor investimento a ser feito antes de uma viagem de moto. 

8. Botas antiderrapantes

Outro clássico dos motociclistas, sua importância não pode ser deixada de lado. É essencial que suas botas sejam confortáveis ​​e tenham sola de borracha, o que permitirá que você se mantenha estável na moto mesmo quando o tempo ou o terreno não estiver colaborando muito.

O que você não deve esquecer

Se estamos falando de viagem de moto de longa distância, precisamos ter atenção extra aos documentos que devem ser levados. Leve os originais de sua identidade, passaporte, carteira de habilitação, documentos do veículo e caderneta de vacinação. O ideal é mantê-los em uma bolsa colada ao seu corpo, por dentro da roupa, ou em uma “carteira de pescoço”.

Não esqueça de levar uma chave reserva da sua moto, seus cartões de banco, algum dinheiro em espécie (se for passar por vários países, considere levar em dólar) e um papel com seus contatos de emergência.

Esta lista foi apenas o mais básico do que deve ser considerado ao fazer uma longa viagem de moto. Vários outros itens específicos serão abordados em um próximo post!

Quer conhecer um roteiro completo de viagem de moto pela América do Sul?

Não, você não leu errado: é possível preparar sua moto para viajar do Brasil até a Bolívia, o Peru, o Chile, a Argentina e a fronteira com o Paraguai, seguindo um roteiro com os melhores pontos turísticos, restaurantes, postos de gasolina, hotéis e pousadas!

Se você quer se tornar um viajante internacional com a sua moto e não sabe por onde começar, o Guia Definitivo do Viajante de Moto, de Guilherme Cavalcante, é a melhor referência que você terá para empreender uma viagem com segurança.

Um passo a passo com informações extras e fotos em alta qualidade para você seguir a mesma rota que o autor do livro. Inclui uma checklist completa com 174 itens importantíssimos para você fazer a viagem dos seus sonhos! Saiba mais aqui.

A venda do Guia Definitivo do Viajante de Moto só pode ser realizada através deste site, registrado em nome de Guilherme Carreira Cavalcante. Qualquer outro site onde você encontre este programa é uma FALSIFICAÇÃO e vai contra as leis. Evite falsificações e recuse conteúdos ilegais ou pirateados. NÃO adquira livros ou cursos parecidos e que não são baseados em anos de experiência prática. Não nos responsabilizamos por compras realizadas em outros sites.

GCMotur 2022 © Todos os Direitos Reservados